quarta-feira, novembro 25, 2015

Imaginature - Um festival de fotografia que não pode perder

Nos dias 21 e 22 de Novembro, realizou-se a segunda edição do Imaginature - o Festival de Fotografia e Vídeo de Manteigas. E o que eu gostaria de saber é por que é que não esteve lá.

A região de Manteigas, no coração da Serra da Estrela, é um dos melhores passeios que se pode fazer cá dentro nesta altura do ano. As montanhas e os vales estão repletos de cores outonais, o ar é puro e come-se bem.

Por outro lado, ficaria a conhecer o que de melhor se faz atualmente em Portugal na área da fotografia de natureza. Para ver que não é só lá fora que há bons fotógrafos, pesquise, pelo menos, estes nomes: Luis Quinta, Luís Afonso, Miguel Claro e David Guimarães.

O Paulo, autor e fotógrafo deste blogue, foi também um dos palestrantes convidados, guiando quem o ouviu numa viagem, em imagens, por alguns dos seus destinos de natureza preferidos.

(c) Luís Afonso

(c) David Guimarães
Durante o festival, apresentado pelo jornalista Jorge Esteves da RTP, teria ainda visto fotos belíssimas de lugares do nosso país que provavelmente desconhece, como a Serra da Freita, a Serra de Montemuro ou o fundo do mar dos Açores.

Além disso, para não ser só teoria e passar à prática, houve duas saídas de campo, orientadas pelos fotógrafos Hélio Cristovão e Marco Santos Marques, uma ao pôr-do-sol, outra ao nascer-do-sol. Apesar do frio, este último foi marcante, com as montanhas da Nave de Santo António incendiadas de laranja, um momento que recordaria toda a vida.

Finalmente, todas as atividades do festival eram gratuitas, incluindo os dois passeios fotográficos e a degustação de produtos locais no intervalo das apresentações.

(c) Luís Quinta

(c) Miguel Claro

Por tudo isto, ou não tinha dinheiro para passar o fim-de-semana fora de casa ou deve ter acontecido qualquer coisa extraordinária em Portugal nesses dois dias para não ter ido a este festival. Ou, então, simplesmente não sabia da sua existência. Agora que já sabe, para o ano não há desculpas e, já agora, passe a palavra para que outros também estejam presentes.

Onde dormimos

Quando vamos a Manteigas costumamos ficar num hotel. Desta vez, porém, ficámos no SerraVale, uma casa tradicional de pedra, acabadinha de estrear. Com duas suites e dois quartos twin é o local ideal para quem procura um atendimento mais atencioso e personalizado. Destaque também para o pequeno-almoço, com produtos típicos e caseiros, como requeijão, queijo da serra, diversas compotas e enchidos.

Propriedade de Miguel Serra, um dos grandes fotógrafos da região, é também o sítio certo para quem gosta de fotografia e quer trocar dicas com um especialista, quer na acolhedora sala-de-estar com lareira, quer junto a uma das muitas fotos que enchem as paredes da casa.



O uso de todas as fotos foi autorizado pelos seus autores.

0 comentários:

Enviar um comentário